Pesquisar este blog

sábado, 21 de janeiro de 2012

Candidíase - A Praga



SPOILER FREE

Eis um livro que eu já queria ler há algum tempo... o comprei numa Primavera dos Livros, em 2010 se não me engano... fazia tempo que ele estava esperando para ser retirado da estante. Mas sempre tive um certo receio do que ele poderia trazer de informação, sabe? Mas, eu já estava no clima de leitura gastronômica, por conta do Desafio Literário, o livro não deixa de tratar sobre dieta, então...

E tiro e queda. Já fiquei toda preocupada e me perguntando o que eu realmente posso fazer, porque sério, segundo os questionários do livro e a minha experiência com candidíase, o problema é sério e real (o meu, pelo menos). Infelizmente a dieta rígida do livro é absurdamente difícil de seguir, nem tanto pelas limitações (acho que eu sobrevivo sem açúcar de espécie alguma, álcool, queijos e leite), mas pelas indicações de alimentos. Sério, morando no Rio de Janeiro e ficando mais de 12h por dia fora de casa, as receitas do livro são impossíveis de serem feitas diariamente. Nos fins de semana até dá, mas no dia a dia... onde vou achar tempo (e os ítens!!!) para fazer receitas que demoram horas ou dias para ficar prontas? Complica. Se eu trabalhasse em casa (por mais que fosse muito trabalho), ainda dava. Quem sabe quando todos nós tivermos home office e um mercado de orgânicos na esquina?

Mas o livro ainda é muito bom, muito informativo, com uma introdução que explica bem o que é candidíase (se você acha que ela se limita a um problema ginecológico, não podia estar mais errado), tem diversos questionários para você avaliar qual é a possibilidade de você sofrer de cândida, uma explicação longa sobre a dieta para cuidar do problema e diversas receitas. Mais o mais importante: é divertido de ler. As receitas, por mais bizarras que possam parecer de vez em quando, parecem ser bem gostosas, e têm um ar de casa do campo/tempo da vovó que é bem legal e natureba (fica a dica para quem gosta). Pretendo adotar o que for possível, cortar o que der e fazer uma boa limpeza no organismo nas próximas férias. E já comecei a seguir os dois blogs da autora para me manter informada:

Candidíase, a praga

DEIXA SAIR

E vou continuar quebrando a cabeça para ver se consigo encaixar essa dieta na minha vida.

Indico para todos, homens e mulheres, quem sabe mais alguém não descobre que o seu problema é muito mais óbvio do que esperava?

Nota 10!

Um comentário:

  1. Adriana Ferreira Quintas18 de junho de 2015 22:52

    Laura, existem inúmeros fitoterápicos e terapias para livrar-se da candida! a dieta você conseguirá mais facilmente depois de eliminar e rebalancear a flora intestinal...

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião/crítica/comentário: