Pesquisar este blog

sábado, 10 de agosto de 2019

Clean Sweep (Innkeeper Chronicles #1)



SPOILER FREE

Na atual situação, estou lendo muito como forma de escapismo, e para isso nada melhor que livros de fantasia young adult! E a dupla de autores (um casal, uma russa e um americano) que compõe Ilona Andrews tem uma lista de livros que se encaixam nessa categoria.

Clean Sweep é o primeiro livro da série Innkeeper Chronicles, que até agora teve 4 volumes publicados. Aqui são apresentados alguns dos principais personagens da série, Dina, a Innkeeper, que além de ser uma personagem interessante por si só, acaba nos apresentado o universo onde se passa o enredo, que, vou confessar, é dos mais interessantes que vi nos últimos anos. Temos também Sean, um ex militar que também é um lobisomem, Arland, um vampiro que é chefe militar do seu clã, Caledenia, uma aristocrata que ainda não descobri que tipo de criatura é, Beast, a cachorrinha de estimação de Dina, que não é apenas um Shi Tzu e Gertrude Hunt, o Inn onde Dina trabalha.

O livro traz a história de como Dina começa a perceber que uma criatura que não pertence ao planeta terra tem rondado a cidadezinha texana onde fica Gertrude Hunt. Depois de estimular Sean a tomar algum tipo de atitude com relação a isso, os dois juntos com Arland precisam dar um jeito na situação antes que o Inn seja exposto e todos sejam mortos.

A história em si é bastante interessante e o mundo criado para Innkeeper Chronicles é uma mistura de fantasia com ficção científica, com direito a viagens intergaláticas, portais, naves espaciais e diversas raças alienígenas, tudo com um toque de magia.

Apesar de todos os pontos positivos que existem em Clean Sweep, preciso dizer que o livro tem um problema. Ele é bem escrito, não cai naquela onda de livros em que a escrita atrapalha uma história legal, o problema é que ele não é bem escrito o suficiente. Falta um quê no livro para dar aquele brilho que a história super interessante que ele tem merece. A forma como a narradora, Dina, fala é um tanto sem graça, falta vitalidade e força, ficando tudo meio mais ou menos por causa disso.

Não me impede de continuar lendo a série, de jeito nenhum, já tenho todos os livros lançados, mas, vai me fazer pensar duas vezes antes de pegar outra série dos autores para ler.

Nota 9 pela originalidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião/crítica/comentário: